Utilize-se de dados e personalização para engajar seus clientes

Utilize-se de dados e personalização para engajar seus clientes

As pessoas não gastam dinheiro como um segmento; elas tomam decisões como indivíduos. Por isso, os profissionais de marketing devem abordar os consumidores a um nível de segmentação individual, com estratégias que focam nas interações entre marca e cliente, utilizando dados e personalização.

O marketing baseado em dados comportamentais está se tornando padrão e os consumidores esperam cada vez mais uma comunicação personalizada. Interações personalizadas devem ser o objetivo mais importante para o marketing das empresas: estratégias para gerenciar os dados e criar interações one-to-one determinarão o sucesso de uma marca.

Use uma plataforma para gerenciar todos os dados

Os dados, nas mais diversas formas, rapidamente se transformaram em um tipo de moeda no marketing digital.

As informações que impulsionam as campanhas precisam ser profundas e acionáveis para serem traduzidas em conteúdo relevante. Isso começa com as informações já armazenadas pelos anunciantes. Gestão de relacionamento com clientes (CRM), programas de faturamento e web analytics são apenas algumas das ferramentas que os profissionais de marketing usam para detalhar os dados dos clientes internamente.

Integrar as informações de diferentes fontes em um só lugar pode ser um desafio – e é aí que uma boa plataforma de gerenciamento de dados e personalização pode lhe ser útil. Essas plataformas agregam informações de diferentes fontes e criam um único repositório, tornando-as ideais para campanhas orientadas a dados. Quando os dados do consumidor estão armazenados em um único lugar, é muito mais fácil entender quais são as melhores maneiras de utilizá-los para alcançar os objetivos de negócio.

Além disso, as plataformas de dados se tornam ainda mais valiosas para a estratégia de marketing quando os anunciantes agregam também dados second e third party. Isso torna possível colher ainda mais dados relevantes sobre seus clientes.

Com dados de clientes e do mercado centralizados em um só lugar, as marcas conseguem garantir que os clientes recebam conteúdo mais relevante, de modo a incentivá-los no momento certo do ciclo de compra.

A demanda por conteúdo personalizado para otimizar conversões só tende a crescer. Os profissionais de marketing precisam agir rapidamente e implementar formas de maximizar a sua utilização de dados e a escolha da plataforma adequada é só o primeiro passo.

Parcerias devem ser feitas com dados e personalização em mente

À medida que as plataformas de gerenciamento de dados se estabelecerem no mercado do marketing digital, a oportunidade de identificar parceiros e outras tecnologias que tornam os dados ainda mais robustos se torna ainda maior.

Esses parceiros incluem qualquer plataforma que permite a edição de conteúdo online. Eles devem compartilhar sua própria informação de forma a integrar os dados e colocá-los em ação em diferentes estratégias e campanhas. Qualquer parceiro que não ofereça esse tipo de informação aprofundada sobre os perfis de clientes não é de muito valor.

Identificar esses parceiros antes de estabelecer relações pode ajudar os anunciantes a entender qual deles irá melhor atender às suas necessidades, ajudando-os a construir o mais profundo envolvimento do cliente para, consequentemente, gerar ROI significativo.

A personalização direcionada pelos dados

Para os profissionais de marketing, o conceito de personalização já foi considerado um sonho. Com o passar dos anos, o marketing digital foi definido com o marketing de segmentos, onde pequenos grupos eram formados de acordo com algum número ou fator em comum. De certa forma, isso ainda é parte do marketing.

No entanto, os consumidores têm opções agora, e eles não têm medo de explorar essas opções para identificar a melhor maneira de gastar o seu dinheiro.

A internet é responsável pela maior parte dessa alteração de paradigma. Felizmente, ela forneceu também os canais para comunicação direta one-to-one com clientes potenciais. Os vídeos que as pessoas assistem no YouTube, os sites que elas leem por lazer ou para o trabalho e os aplicativos que elas instalam em seus smartphones fornecem pistas importantíssimas sobre que produtos ou serviços elas estão mais propensas a utilizar.

Conteúdo relevante – seja vídeo, e-mail ou outro formato – deve ser selecionado e entregue aos consumidores de forma personalizada. Receber conteúdo irrelevante é o tipo de coisa que pode afastar os consumidores.

Quando as pessoas seguem uma marca em uma rede social ou registram-se para receber e-mail marketing, eles estão dando uma licença para a marca interagir com eles. Além disso, eles costumam entregar informações pessoais que indicam seus desejos e necessidades naquele momento. Personalizar o conteúdo, alavancando este e outros dados que os usuários fornecem, demonstra o compromisso da marca em ajudá-los a fazer sua vida mais fácil.

Com tantas opções disponíveis, marcas que se distinguem com conteúdo de marketing sob medida são mais propensas a construir lealdade com o consumidor e gerar compras recorrentes no futuro.

Quer saber mais sobre dados e personalização? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Web Personalization

Graduada em Engenharia Mecânica, se apaixonou por tecnologia e marketing à primeira vista. Como CMO, mostrou por A mais B o potencial da personalização e dos números aplicados ao marketing. Nos últimos anos, vêm se dedicando a novas tecnologias, programação e análise de dados voltado ao desenvolvimento da Croct.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons