Redesenhando a estratégia de marketing digital

Redesenhando a estratégia de marketing digital

Se você trabalha com marketing digital, com certeza já ouviu o termo real-time personalization. A personalização de conteúdo em tempo real é a estratégia de marketing digital mais comentadas entre aqueles que atuam na área, seja em palestras, eventos ou até mesmo em blogs. A triste verdade é que a maioria desses profissionais ainda acredita que isso é algo muito distante da realidade, em grande parte pelo fato da relação entre os times de marketing e de TI ser conturbada na maiorias das organizações.

A personalização na estratégia de marketing digital

Em 2015, uma pesquisa sobre a Experiência Digital dos Usuários, publicada pela americana Forrester Research, mostrou que aproximadamente 2/3 das empresas pesquisadas identificaram a personalização como um componente chave em sua estratégia de marketing digital.  Além disso, 35% delas citaram a falta de investimento em tecnologia e análises de dado como o principal obstáculo para aumentar e aprimorar o engajamento online com o cliente. Esse número mostra que, mesmo sabendo da importância desse tipo de ação, a maioria das empresas não têm conhecimento técnico e capacitação tecnológica suficientes para desenvolver um projeto deste porte internamente.

Objetivando aumentar a receita e as taxas de conversão, muitas delas desenvolvem campanhas de e-mail segmentadas baseadas em eventos, comportamentos, interesses, localização geográfica, etc, com a ajuda de algumas ferramentas de automação de marketing. Mas o que acontece quando um usuário atingido por essas campanhas é direcionado a uma página genérica e estática? O caminho natural não seria guiá-lo por um site também personalizado e segmentado?

Os CTAs segmentados

Outra pesquisa, dessa vez feita pela HubSpotdescobriu que CTAs (botões call-to-action) segmentados e dinâmicos performam 42% melhor em comparação a CTAs genéricos, quando avalia-se a taxa de click. Outro dado importante: as empresas que já estão trabalhando a personalização em tempo real conseguem ver, em média, um aumento de 19% nas vendas (em volume de receita).

A boa notícia é que essa necessidade, que logo logo estará entre as prioridades dos CMOs, aos poucos está sendo endereçada. À medida que ela ganha mais destaque, ferramentas e plataformas online são criadas com o objetivo de auxiliar os profissionais da área a criar e colocar em prática uma estratégia de marketing digital baseada na personalização de conteúdo em blogs, e-commerces e outros tipos de site.

Quando falamos em marketing online em tempo real, falamos da capacidade de responder de maneira imediata as necessidades dos clientes, maximizando receita e taxas de conversão ao colocar o foco totalmente na experiência do usuário. E a melhor parte: sem depender inteiramente de desenvolvedores ou de uma equipe de TI.

Em linhas gerais, os e-commerces tradicionais não tem ferramentas para interagir com o usuário no momento exato em que ele navega pelo site. As ferramentas de real-time personalization eliminam as barreiras tecnológicas, deixando as equipes de TI disponíveis e focadas em desenvolver projetos mais sofisticados, ao mesmo tempo que dá mais poder e liberdade para as equipes de marketing criarem ofertas dinâmicas e segmentadas que geram mais resultados.

Quer saber mais sobre como redesenhar sua estratégia de marketing digital? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Marketing

Graduada em Engenharia Mecânica, se apaixonou por tecnologia e marketing à primeira vista. Como CMO, mostrou por A mais B o potencial da personalização e dos números aplicados ao marketing. Nos últimos anos, vêm se dedicando a novas tecnologias, programação e análise de dados voltado ao desenvolvimento da Croct.