O tráfego de Facebook está diminuindo?

O tráfego de Facebook está diminuindo?

A resposta depende de para quem você faz a pergunta.

O Facebook pode estar originando menos visitas agora que em Janeiro/15, ou mais visitas, ou exatamente o mesmo volume. Depende de para quem você está perguntando. Nos últimos anos, os anunciantes têm dependido muito do Facebook para gerar visitas em seus sites, e alguns deles recebem quase 90% do tráfego vindo deste canal.

Essa estratégia, entretanto, vem deixando os anunciantes apreensivos. Em pouco tempo, o Facebook pode passar a dar preferência para conteúdos hospedados na própria rede através de ferramentas como o “Instant Articles initiative”.

O resultado disso? Já se observa uma crescente demanda por dados sobre os referrals gerados pelo Facebook. Empresas de web analytics divulgam regularmente relatórios com dados agregados a partir de uma seleção de sites, o que, segundo eles, oferece insights sobre os algoritmos do Facebook que vão além das experiências individuais de cada anunciante. O problema é: essas empresas normalmente analisam diferentes categorias de site e usam diferentes metodologias, logo é normal que elas cheguem a diferentes conclusões.

Um estudo recente da SimpleReach, por exemplo, revelou que o tráfego originado de Facebook referral para um grupo de 30 sites caiu aproximadamente 32% entre Janeiro e Outubro. Os 30 sites analisados são os sites da rede que a SimpleReach considera mais dependentes do Facebook. Entre todos os sites pesquisados, o tráfego referral caiu aproximadamente 17,3% no mesmo período.

Já por outro lado, dados de outras fontse nos contam outra história. Um estudo da Chartbeat, por exemplo, agregou informações dos 100 “maiores sites de notícias e mídia” e descobriu que o tráfego de Facebook referral se manteve praticamente constante entre Janeiro e Outubro, baseado em número de pageviews.

O Facebook afirma que o comportamento observado por eles mesmos se assemelha ao da Chartbeat, baseado em uma análise própria englobando 1000 websites. De acordo com eles, o tráfego enviado hoje para os websites é praticamente o mesmo de Janeiro, apesar de alguns anunciantes terem experimentado aumentos e quedas durante o período.

Enquanto isso, um estudo da Parsely revela que o tráfego de Facebook referral está aumentando para mais de 300 sites: de 13,6% em janeiro para 14.8% em Outubro.

As inconsistências entre relatórios

Essa inconsistência entre relatórios tem confundido os anunciantes. À medida que as empresas experimentam novos canais de distribuição de conteúdo, eles aumentam a procura por referências para comparar os esforços e os resultados obtidos no principal canal de comunicação atualmente. Entretanto, empresas diferentes analisam de forma diferente e criam cenários diferentes, o que dificulta a situação.

“Empresas de análise e consultoria estão espalhadas ao redor do mundo medindo coisas diferentes e utilizando metodologias diferentes”, disse a analista da Forrester Research Susan Biel. Ela ainda acrescenta: “Os anunciantes contam com sua própria experiência para guiar seus trabalhos”.

Por essas razões, alguns anunciantes dizem não prestar muita atenção em tendências macro ou análises de dados quando se trata do Facebook. Muitos acabam, inclusive, optando por explorar suas próprias métricas pois sabem que trabalhar com o Facebook, independentemente das tendências, é algo que eles não podem parar de fazer.

Quer saber mais sobre o Facebook? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Mídias Sociais

Graduado em Ciência da Computação, começou a atuar na área de marketing e tecnologia aos 13 anos, quando criou seu primeiro site que, meses depois, bateu a marca dos 50 mais visitados do Brasil. Aos 17, fundou sua primeira empresa, a Bookess, considerada meses depois umas das 10 melhores editoras virtuais do mundo. Na Rocket Internet, trabalhou na expansão de iniciativas tupiniquins e gringas. Hoje, com mais de 10 anos de experiência, já programa de olhos fechados, fala como um publicitário e é apaixonado por empreendedorismo.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons