Ideias de personalização em tempo real para sites internacionais

Ideias de personalização em tempo real para sites internacionais

Este é o 6º post de uma série especial sobre personalização em tempo real. Se você perdeu algum, clique aqui para ver todos os posts da série.

No últimos dois post falamos sobre os exemplos de personalização em tempo real para e-commerce em geral e para alguns mercados em específico. Para fechar a lista das principais ideias, vamos falar um pouco das ideias para sites internacionais.

A personalização em tempo real é uma ferramenta poderosa que proporciona maiores chances de envolvimento da marca com o cliente. Essa estratégia pode ser aplicada em sites institucionais, lojas virtuais e blogs, para promover uma interação que contagia o usuário e criar experiências agradáveis.

Existem muitas maneiras de criar esse tipo de interação e você provavelmente já está familiarizado com algumas que vamos comentar aqui. Vamos aos exemplos.

1. Adapte o idioma do site

Quando sua empresa tem abrangência internacional, você pode criar uma personalização em tempo real para identificar o idioma de preferência do usuário e traduzir automaticamente todo o conteúdo do site, ou oferecer uma página com outro idioma. Nesse caso você deverá ter investido na criação de uma página escrita em outro idioma. Normalmente a segunda opção ao idioma local é sempre o inglês, devido a sua grande abrangência mundial. Entretanto, você deve identificar as necessidades do seu público e, entre elas, a existência relevante de clientes com outras nacionalidades que possam não entender o idioma principal do seu site. Essa identificação do idioma padrão pode feita através do IP do usuário, que te fornece a localização geográfica, ou através das configurações do próprio browser.

2. Destaque métodos de pagamentos específicos ou outras vantagens

Também baseado na localização do cliente, é possível transmitir informações relevantes como as formas de pagamento disponíveis para uma determinada região ou a oferta de frete grátis. Quando um usuário acessa um site de outro país, informações relativas à remessa de produtos e procedimento de devolução, por exemplo, são essenciais para aumentar as chances de conversão. Essas personalizações, portanto, ajudam a dar a segurança que o cliente precisar para tomar a decisão de realizar uma compra no seu site.

3. Entenda como exibir as informações técnicas dos produtos

Algumas informações técnicas de produtos possuem diferenças entre países. Se o seu site tiver abrangência internacional, não considerar essas especificidades pode ser um erro grave. Um exemplo é o mercado de roupas e calçados, que possuem padrões bastante diferentes de tamanho dependendo do país. Para o usuário, essas informações são essenciais para a decisão de compra, já que uma mesma peça de roupa pode ter numeração 10 no Reino Unido, 6 nos Estados Unidos e 38 no mercado da União Europeia, por exemplo. No Brasil, a maioria das pessoas não entende as métricas pés, polegadas e nos EUA a mesma dificuldade existe quando falamos medidas em metros e centímetros. Incluir tabelas de informações técnicas personalizadas em relação à localização do visitante resolve esse problema e evita que o próprio usuário tenha que fazer essa comparação.

4. Saiba qual a moeda local ou ofereça conversão de moeda

Quando uma pessoa se depara com um produto ou serviço com o preço oferecido em uma moeda diferente daquela em que ele está acostumado a negociar, inevitavelmente ela deve fazer uma conversão mental dos valores. Nesse caso, qual câmbio dela deve usar? Para saber todos os preços dos produtos ela terá que converter um por um? Nada prático, né? Se você já sabe onde o usuário se encontra, faça a conversão dos valores para a moeda local mesmo que a intenção seja apenas informativa. Você pode até informar que a compra será realizada em uma moeda específica, se você vende apenas nessa moeda, mas o fato de o usuário poder comparar preços e avaliar o valor facilmente ajuda a reduzir as taxa de dropout.

5. Compreenda a sazonalidade e as diferenças culturais

Se dentro de um mesmo país as questões climáticas já influenciam vendas de produtos, imagina em países diferentes. Perceber a localização do usuário e o que está acontecendo naquela região permite que você ofereça produtos mais relevantes a ele. Costumes, tendências, clima, entre outros, são muito determinantes na tomada de decisão. Oferecer produtos errados aos seus clientes provocam uma consequência imediata e muito grave: a sensação de irrelevância da sua marca em relação aos seus clientes.

6. Localize lojas físicas próximas a ele

Use as informações localização do seu usuário para informar sobre as lojas físicas próximas a ele, eventos relacionados que ele pode participar, ou até mesmo dê a ele a opção de compra através do site e retirada da mercadoria na loja mais próxima. Principalmente em casos de marcas internacionais, as lojas físicas podem ser um ótimo aliado quando se tem usuários indecisos e que ainda não confiam muito na empresa para tomar uma decisão de compra.

7. Mostre ao seu cliente que você está atento

Uma personalização sutil, mas que proporciona grande efeito, é a disponibilização de informações relativas à localização do visitante, como, por exemplo, a previsão do tempo ou temperatura atual. É um detalhe pequeno que oferece valor ao seu visitante, demonstra que você está atento a ele. Apenas cuide que sejam informações relevantes.

8. Conecte sua equipe de atendimento local

Quando você percebe que seu visitante demora muito em uma página em seu site, ou navega entre as páginas de modo anormal, você pode oferecer atendimento online em idioma local. Isso facilita a comunicação e pode ser um grande diferencial em relação aos seus concorrentes.

 

Algumas dessas personalizações em tempo real já são utilizadas em alguns sites, mas ainda há muito a ser explorado nesse mercado. Agora que falamos de várias ideias para e-commerce, mercados específicos e sites internacionais, está na hora de mostrarmos, passo a passo, como aplicá-las no seu e-commerce. Confira o próximo post!

Ir para o próximo post

Quer saber mais ideias de personalização para e-commerces em tempo real? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Web Personalization

Graduada em Engenharia Mecânica, encantou-se por tecnologia e a aplicação da matemática voltada para o marketing à primeira vista. Na Rocket Internet, onde atuou como CMO, mostrou por A mais B o potencial dos números aplicado ao marketing, tornando-se rapidamente uma das profissionais mais cotadas no grupo, onde com frequência colocava marmanjos para chorar utilizando apenas uma planilha de Excel. Nas horas vagas, Juliana dedica seu tempo ao empreendedorismo, fotografia e viagens.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons