Conteúdo gerado pelo usuário: ele pode ser sua melhor ferramenta de marketing

Conteúdo gerado pelo usuário: ele pode ser sua melhor ferramenta de marketing

Aqueles dias em que os profissionais de marketing precisavam pensar em 100% do conteúdo utilizado na comunicação das marcas ficaram para trás. A cada dia que passa, os usuários dão menos importância ao material de marketing cuidadosamente selecionado pelas marcas. A bola da vez agora é o conteúdo gerado pelo usuário.

Como profissionais de marketing, já entendemos essa nova realidade há algum tempo. Nossos clientes recorrem cada vez mais uns aos outros durante um processo de tomada de decisão. Na verdade, eles agora controlam muitos momentos da jornada do cliente, bem como grande parte do conteúdo que molda a maneira como os outros usuários realizam suas compras.

Bem-vindo à era do conteúdo gerado pelo usuário

Esse conteúdo gerado pelo usuário podem aparecer no formato de avaliações e resenhas, vídeos, blogs, postagens em fóruns de discussão, imagens digitais e arquivos de áudio, por exemplo. E eles superam todas as garantias produzidas pela marca, uma tendência que podemos identificar nas seguintes estatísticas:

  • 86% dos consumidores dizem que a autenticidade é importante ao decidir quais marcas apoiar, e 60% dos consumidores classificam o conteúdo gerado pelo usuário como a forma mais autêntica de conteúdo (Stackla, 2017).
  • 70% dos consumidores dos EUA dizem que são mais propensos a comprar um produto depois de ver uma imagem positiva ou relacionada ao consumidor online (Olapic, 2017).
  • 73% dos consumidores dizem que o conteúdo gerado pelo usuário aumenta sua confiança de compra e 65% dizem que é mais interessante do que o marketing criado pela marca (TurnTo, 2017).

Por que usar conteúdo gerado pelo usuário?

Esse é um nome moderno para um conceito já utilizado há muito tempo. As pessoas sempre pediram referências a amigos, familiares e vizinhos. Tudo o que as tecnologias digitais fizeram foi ampliar o escopo em que esse tipo de troca pode aconteder. Agora temos acesso a insights de vizinhos que moram do outro lado do planeta. E as pessoas adoram isso.

Na verdade, o conteúdo gerado pelo usuário fornece aos compradores todas as informações necessárias para tomar decisões de compra informadas. É novo, rápido e em constante expansão. Pense nisso. Todo mundo tem uma opinião ー e um número surpreendente de pessoas está disposto a compartilhar seus pensamentos.

Benefícios e riscos do conteúdo gerado pelo usuário

Ao mesmo tempo que o conteúdo gerado pelo usuário pode acelerar o reconhecimento de uma marca, o conteúdo errado pode desacelerá-lo de vez. Em geral, as pessoas tendem a reclamar mais rápido do que elogiar; clientes insatisfeitos têm quase três vezes mais chances de twittar sobre suas queixas do que clientes satisfeitos.

O conteúdo gerado pelo usuário também gera riscos legais ー propriedade e licenciamento, privacidade, monetização e declarações falsas são alguns deles. A menos que você queira que os profissionais de marketing tomem a decisão de o que pode ou não ser utilizado, todos os dias, você precisa criar políticas digitais que abordem os possíveis problemas.

O que poderia dar errado? Muita coisa. As marcas devem ter, no mínimo, governança manual para lidar com possíveis complicações. Eles precisam entender quais permissões ou direitos eles têm para usar o conteúdo gerado pelo usuário e eles também precisam de uma maneira de lidar com possíveis problemas.

Práticas recomendadas para o conteúdo gerado pelo usuário

O conteúdo gerado pelo usuário ajuda a criar confiança, então utilize ele ao máximo. Ao incorporar as opiniões de seus clientes, você mostra que está aberto e disposto a ouvir.

Entretanto, é precio administrá-lo do modo correto. Para finalizar temos três dicas de como você pode fazer isso:

  • Peça permissão ao autor antes de incorporar o conteúdo gerado pelo usuário em sua estratégia de marketing. Ao contrário do que muitos dizem, nem tudo na internet é livre para uso indiscriminado. Para evitar problemas, apenas assuma que todo o conteúdo está protegido por direitos autorais e pergunte antes de usar.
  • Não assuma que a pessoa que postou uma imagem do seu produto foi a pessoa que tirou a foto. Peça especificamente a fonte da imagem para que você possa obter permissão da pessoa certa.
  • Seja generoso com sua apreciação, mesmo se você tiver permissão para reutilizar o conteúdo. Acrescenta credibilidade e confiança ao dar crédito à pessoa que o criou. Essa também é uma ótima maneira de criar o senso de comunidade entre seus clientes e demonstrar que você não apenas desfruta de sua participação ativa, mas também valoriza seus pensamentos e conteúdo.

Com essas diretrizes simples, você pode ampliar seu alcance de marketing exponencialmente com o poder do conteúdo gerado pelo usuário.

Quer saber mais sobre como usar o conteúdo gerado pelo usuário? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Experiência do Usuário

Graduada em Engenharia Mecânica, se apaixonou por tecnologia e marketing à primeira vista. Como CMO, mostrou por A mais B o potencial da personalização e dos números aplicados ao marketing. Nos últimos anos, vêm se dedicando a novas tecnologias, programação e análise de dados voltado ao desenvolvimento da Croct.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons