Como criar uma experiência natural entre dispositivos

Como criar uma experiência natural entre dispositivos

Vivemos em um mundo totalmente conectado e interligado. De acordo com um relatório do Facebook, 60% das pessoas online nos Estados Unidos e na Inglaterra utilizam pelo menos dois dispositivos diferentes todos os dias, o que significa que o smartphone já é o epicentro das estratégias de marketing, branding e produtos.

Essa tendência cria inúmeras oportunidades para empresas que procuram atingir seu público alvo em múltiplos pontos de contato durante a jornada de compra dos consumidores. O desafio, entretanto, está no fato de que grande parte das tecnologias de marketing ainda não atendem a essa necessidade. Ainda é muito difícil identificar cada passo que os consumidores dão para se tornar clientes e, depois, para recorrerem.

Apesar da falta de clareza, pelo menos um conceito se mantém constante e verdadeiro: você está se comunicando com seres humanos do outro lado da tela, e a melhor maneira de convertê-los em clientes é entregar sempre uma grande experiência.

Isto significa uma experiência natural entre dispositivos, e aqui estão algumas dicas para você começar.

Facilite o contato

Conversões parecem diferentes em múltiplas plataformas. Em um computador, é mais provável que um usuário queira preencher um formulário. Em um smartphone, no entanto, os padrões provavelmente são um pouco diferentes — telas menores significa visibilidade e espaço de digitação limitados.

Nesses casos, já que você quer que seja muito fácil para o público entrar em contato com a sua empresa, você utilizará campos limitados. Você também pode considerar a inclusão de um botão que torna mais fácil ligar para a sua empresa diretamente.

Através de uma experiência natural entre dispositivos — no desktop, no smartphone e no tablet — você vai querer minimizar o potencial de atrito. O que é importante ter em mente é que o atrito parece diferente de uma plataforma para outra. Coloque seu número de telefone logo na primeira página, no centro do seu site, em suas listas da página de resultados de pesquisa e no topo de sua página de contato. Seu público não precisa preencher um monte de campos para alcançar o seu time: pare de se esconder e garanta que te contatar é algo extremamente fácil.

Colete dados a nível individual

Os consumidores de hoje têm experiências altamente individualizadas e personalizadas. Para fornecer esse nível de personalização e de comunicação em escala, você precisará de ferramentas e dados para orientá-lo. Antes de implementar qualquer software ou tecnologia de análise, você precisa dar um passo atrás para entender com o que seus clientes realmente se preocupam. Em seguida, estes pontos de informação te dirão não só quais dados precisam ser coletados como qual tipo de tecnologia de personalização você deve implementar.

O mais importante é definir essas características a um nível individual. Este ponto de vista lhe permite personalizar suas mensagens e campanhas com base em ações específicas que eles já tomaram em seu site, independentemente do dispositivo.

Se a sua empresa captura endereços de e-mail ou utiliza o login atrelado a redes sociais, você já deu os primeiros passos na coleta de dados a nível individual, o passo final é criar mensagens de marketing que envolvam indivíduos com base no contexto em que eles se encontram.

Defenda a simplicidade no marketing

Obtenha suas informações rapidamente e identifique os pontos de atrito. Assegure a transparência em seus produtos e serviços com tours, fotos, imagens e demos. Faça esses pontos de comunicação de pronto acesso e visível em seu site. Evite o uso de descrições e conteúdo interativo pesado. Em vez disso, se concentre em entregar ao público as informações que necessitam, o mais rapidamente possível. Cuide do trabalho pesado para que suas audiências possam conseguir o que precisam, o mais rapidamente possível, em qualquer dispositivo.

A experiência natural entre dispositivos

No final do dia, tudo se resume a conhecer seus clientes e entender o valor de cada um deles, assim como seu perfil de comportamento entre os dispositivos. Conheça a jornada completa de vida do cliente e colabore com seus colegas de trabalho.

Além de ouvir e aprender, você também vai querer responder seu público-alvo em tempo real. As tecnologias de personalização serão a chave para este processo, mas secundárias aos fundamentos e estratégias corretos.

Quer saber mais sobre como criar uma experiência natural entre dispositivos? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Experiência do Usuário

Graduado em Ciência da Computação, começou na área de tecnologia aos 13 anos ao criar seu primeiro site, que bateu a marca dos 50 mais visitados do Brasil. Aos 17, fundou sua primeira empresa, a Bookess, considerada depois umas das 10 melhores editoras virtuais do mundo. Hoje, com mais de 15 anos de experiência, já programa de olhos fechados, fala como um marqueteiro e é apaixonado por empreendedorismo.