3 passos para escalar suas campanhas de e-mail marketing

3 passos para escalar suas campanhas de e-mail marketing

Desde 1970, o famoso símbolo de reciclagem no formato de um triângulo tem sido um pequeno lembrete da reciclagem, da reutilização e da redução de desperdícios. Se você deseja aumentar a escala de suas campanhas de e-mail marketing, sem precisar gastar muito tempo repensando na estratégia de cada uma, seguem abaixo 3 passos que você pode seguir.

A estratégia do e-mail marketing

A chave para a criação de e-mail marketing de qualidade está na capacidade de se desenhar uma base sólida com conteúdos ricos e relevantes. Esse conteúdo pode incluir qualquer combinação de vídeos, webinars, podcasts ou entrevistas, enquanto o conteúdo escrito pode ser representado por artigos de blog, guest posts e guias práticos.

Obviamente, essas opções vão variar muito de um negócio para o outro, mas para construir uma base de conteúdo sólida é importante que se estabeleça uma estratégia clara para o processo de criação. Se seus conteúdos são relevantes e importantes a ponto de manter seus usuários engajados, você tem uma boa base para criar bons e-mails.

Comece definindo sua estratégia. Como um exemplo, digamos que vamos fazer uma campanha para uma empresa de contabilidade, focando em pequenos negócios. Para o nosso propósito, a estratégia de criação pode começar com vídeos semanais que contenham dicas sobre como economizar com impostos, ou com artigos semanais no blog que explique em detalhes como funciona a taxação de produtos.

A frequência não importa muito nesse caso, o principal ponto é encontrar o conteúdo certo para o seu negócio e focar em como operacionalizar o fluxo de criação dos e-mails a partir daí.

A adaptação

Com conteúdos semanais em posts de blog ou vídeos, reaproveitar esse material e reformulá-lo como conteúdo de e-mail marketing se torna muito simples. Como exemplo, vamos voltar para a empresa de contabilidade que lança conteúdo semanalmente.

Uma vez que você tem um vídeo pronto, transformá-lo em um artigo no seu blog é muito fácil. Na realidade, você pode até transcrever o vídeo com foco em alguns detalhes. Se tempo para transcrevê-lo for um problema, contrate algum freelancer e pague-o para fazer esse serviço, às vezes o tempo que economizamos contratando alguém é muito mais valioso que o custo financeiro desse profissional.

O objetivo principal é fazer com que conteúdos relevantes sejam adaptados para múltiplos canais de modo que a audiência atingida por ele seja a maior possível. Para fazer isso, podemos pegar diferentes categorias de artigos no blog e utilizá-las para fazer e-mails semanais.

A reciclagem

Agora que você tem um estoque de conteúdo disponível, criar os e-mails em si é a parte mais fácil. Você pode inclusive terceirizar uma pessoa para fazer este trabalho sem que ela precise ter conhecimento do negócio.

Um e-mail marketing pode ser focado em um artigo específico, outro em um sumário de posts de algumas categorias, outros sobre o vídeo lançado na semana passada. Além de tudo isso, você pode inclusive reaproveitar as imagens utilizadas no post original do blog.

Em resumo, se você precisa constantemente de e-mails relevantes para engajar sua lista de inscritos, isso não necessariamente exige muito trabalho operacional. Apenas lembre-se dessas três dicas: estabeleça uma estratégia clara, adapte o conteúdo para múltiplos canais e recicle o conteúdo final em e-mails e newsletters.

Quer saber mais sobre e-mail marketing? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

E-mail Marketing

Graduado em Ciência da Computação, começou a atuar na área de marketing e tecnologia aos 13 anos, quando criou seu primeiro site que, meses depois, bateu a marca dos 50 mais visitados do Brasil. Aos 17, fundou sua primeira empresa, a Bookess, considerada meses depois umas das 10 melhores editoras virtuais do mundo. Na Rocket Internet, trabalhou na expansão de iniciativas tupiniquins e gringas. Hoje, com mais de 10 anos de experiência, já programa de olhos fechados, fala como um publicitário e é apaixonado por empreendedorismo.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons