3 aplicações da personalização em tempo real

3 aplicações da personalização em tempo real

A personalização em tempo real está se tornando uma estratégia cada vez mais comum para os profissionais de marketing que buscam formar uma base de clientes mais forte. Se você ainda não está utilizando, me arrisco a dizer que você deveria estar.

Por que? A personalização em tempo real pode dar o empurrão que você precisa para se conectar com os clientes, diferenciar-se dos concorrentes e impulsionar seus resultados.

No entanto, o processo de criação de uma estratégia de personalização que permita experiências personalizadas em tempo real pode apresentar alguns obstáculos. A Monetate realizou, no ano passado, o 2º Estudo Anual de Desenvolvimento da Personalização, e nele é possível identificar que os três principais desafios de personalização enfrentados pelos profissionais de marketing eram a qualidade dos dados, o entendimento do comportamento do usuário e a construção de uma arquitetura de dados sustentável.

Fornecer personalização em tempo real significa, em resumo, se conectar aos clientes, adaptando conteúdo para cada indivíduo e entregando cada peça no momento ideal. Para ilustrar melhor como e por que isso funciona, vamos falar sobre três aplicações de personalização em tempo real.

Geotargeting

Digamos que você vá participar de um evento em breve e gostaria de se comunicar com os clientes em potencial locais onde as informações são mais relevantes. Ao combinar a segmentação geográfica com a personalização em tempo real, você pode personalizar o conteúdo de maneiras que os clientes nunca viram antes.

Se um cliente tiver acabado de voar para uma nova cidade, por exemplo, envie um e-mail de boas-vindas oferecendo um desconto para sua loja mais próxima. Ou, se você vir um cliente em direção ao seu evento por meio da geolocalização, chame a atenção deles com uma notificação push. O conteúdo que pode ser enviado enquanto um cliente chega em um local específico garante que ele saiba que você está pensando nele agora e em um passo no futuro.

Exemplo: para impulsionar as vendas e criar relevância, um varejista de roupas para atividades ao ar livre poderia usar a segmentação geográfica e os dados climáticos atuais para oferecer uma experiência atraente ao cliente. Se a previsão para os próximos cinco dias tiver vários dias chuvosos, os usuários devem ver uma página voltada para as roupas de chuva à prova d’água.

Segmentação Comportamental

A segmentação comportamental usa as informações coletadas sobre o comportamento de navegação de um usuário para produzir uma experiência mais personalizada. A personalização em tempo real pode ser usada com a segmentação por comportamento para apresentar aos clientes as coisas que eles provavelmente já procurariam.

A segmentação comportamental pode identificar, por exemplo, os clientes que gastam mais tempo procurando por descrições de produtos, abandonando seus carrinhos de compras ou passando longos períodos entre as visitas. A personalização em tempo real é a ferramenta que te permitirá exibir as informações certas no momento certo, trata-se de pensar à frente do que o cliente está procurando: você pode usar o comportamento histórico de visitantes individuais ou usuários semelhantes 一 contando com um algoritmo de inteligência artificial para fazer essa análise 一 para apresentar aos usuários soluções para suas perguntas e problemas antes que haja qualquer tipo de atrito.

Exemplo: uma maneira de reduzir o abandono de carrinho é criar um banner de alerta ou um pop-up que pergunte ao cliente se ele tem certeza de que deseja abandonar o carrinho. Com base nos dados que você tem, é possível segmentar dados demográficos com maior probabilidade de abandonar os carrinhos ou usuários que compram esse item específico. Ao personalizar essa mensagem em tempo real, você tem uma chance maior de atrair o cliente e fazer uma venda.

Recomendações de produtos

As recomendações de produtos são um recurso útil para a experiência geral de um e-commerce. Uma das desvantagens das recomendações de produtos, no entanto, é que às vezes elas podem ficar um pouco obsoletas se não forem atualizadas com a frequência necessária.

É aqui que entra a personalização em tempo real, onde as recomendações são feitas com base em dados conhecidos e no comportamento anterior do indivíduo. Quando essas recomendações são feitas em tempo real, você não precisa se preocupar se o cliente já as viu ou não. Isso te permite mostrar aos clientes que você pensou em suas necessidades, forneceu recomendações úteis e está atualizando ativamente seu site para uma experiência cativante.

Exemplo: para fugir um pouco dos exemplos comuns de recomendação, falando sobre como você deve escolher os produtos para exibi-los, pense na seguinte pergunta: quantos produtos devo exibir na minha recomendação? Apesar de parecer óbvio que quanto mais produtos eu puder exibir, melhor, essa afirmação nem sempre está correta. Quando você exibe muitas opções, você pode acabar dispersando a atenção do usuário ao invés de conquistá-lo com um item. A personalização em tempo real também te ajuda a tomar essa decisão.

 

Em linhas gerais, a personalização em tempo real chegou para ficar. A integração desta técnica à sua estratégia de personalização atual ajudará a gerar os resultados que você está procurando, seja o aumento de vendas, uma experiência aprimorada do cliente ou a atração de clientes novos.

Web Personalization

Graduado em Ciência da Computação, começou a atuar na área de marketing e tecnologia aos 13 anos, quando criou seu primeiro site que, meses depois, bateu a marca dos 50 mais visitados do Brasil. Aos 17, fundou sua primeira empresa, a Bookess, considerada meses depois umas das 10 melhores editoras virtuais do mundo. Na Rocket Internet, trabalhou na expansão de iniciativas tupiniquins e gringas. Hoje, com mais de 10 anos de experiência, já programa de olhos fechados, fala como um publicitário e é apaixonado por empreendedorismo.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons