12 dicas para criar uma landing page perfeita

12 dicas para criar uma landing page perfeita

Quando falamos em marketing digital, métricas como visitas, compartilhamentos e impressões são muito importantes, mas nenhuma requer tanta atenção quanto a taxa de conversão. Independente da métrica, a estratégia de marketing tem que assegurar não só o interesse do usuário em interagir com seu conteúdo, como também, a conversão desse usuário em um lead ou cliente.

Landing pages, como são chamadas as páginas utilizadas como destino das campanhas de marketing, são extremamente importantes nesse processo de conversão. Como o próprio nome diz, ela é o primeiro contato do usuário com o seu site e o primeiro step de um funil, por isso é essencial que cada detalhe seja muito bem pensando durante sua criação.

Escolha um tema para sua landing page que reflita a identidade visual do seu negócio

Escolha um tema para sua landing page que reflita a identidade visual do seu negócio.

Pensando nisso, preparamos 12 dicas de como criar uma landing pages que converte e gera resultados:

Dicas para criar uma landing page perfeita

  1. A distração é sua maior inimiga

Quando fizer uma campanha, nunca direcione o usuário para a homepage, utilize sempre uma landing page. Isso evita que ele se distraia com outras promoções ou comunicações do site, mantendo sua atenção no que realmente deve ser o foco.

  1. Analise a ordem dos seus títulos

Sempre questione: o que seu título e subtítulo dizem sobre seu negócio? Às vezes, ambos podem estar corretos e bem escritos, mas na ordem errada. Isso pode afetar fortemente sua conversão. Se houver tempo hábil, faça alguns testes em ferramentas como a UsabilityHub, que coletam dados de usuários reais para avaliar o desempenho de uma determinada página.

  1. A voz do cliente

Está com dificuldades para bolar uma frase de impacto? Peça ajuda aos seus clientes, eles podem fornecer dicas valiosas que nunca passaram pela sua cabeça. O que importa é como eles te vêem, não como você mesmo descreve seu negócio.

  1. Utilize uma linguagem que inspire confiança

Quando se trata de convencer seus usuários, seu tempo e espaço são limitados. Utilize uma linguagem familiar ao seu público alvo e tente se aproximar ao máximo dos seus costumes e hábitos culturais. Ninguém se sente muito confortável com textos e situações desconhecidas.

  1. Indique o foco

Existem diversas maneiras de fazer com que seu cliente foque no que é mais interessante para você. Procure entender alguns princípios de web design e usabilidade, eles podem ser muito úteis na criação do conceito da sua campanha de marketing e da sua landing page.

  1. Legendas em elementos visuais

Legendas incluídas abaixo de imagens e vídeos são lidas em média 300% mais vezes que as informações no corpo do texto. Se você for incluir algum elemento deste tipo na sua página, garanta que elas sejam atrativas e instiguem a curiosidade do cliente.

  1. Pense sempre no seu cliente ideal

Evite criar landing pages para as massas, faça-as sempre pensando no seu cliente ideal. A estratégia de criação afeta diretamente a qualidade dos elementos da página e do design como um todo.

  1. Utilize um design claro

O design visual da sua página deve transmitir sua mensagem com objetividade, para a facilitar o entendimento do público. Se você for incluir um botão, por exemplo, ele deve ser desenhado de modo a deixar extremamente claro que aquilo é um botão clicável.

  1. Proximidade entre os elementos

A proximidade de elementos indica que eles supostamente têm uma ligação. Posicionar um elemento próximo a um botão call-to-action pode ser uma ameaça às taxas de conversão. Testes AB são extremamente indicados para auxiliar nestes tipos de decisão.

  1. Utilize carrosséis com sabedoria

Um elemento do tipo carrossel permite que você disponibilize mais informações na landing page sem deixá-la poluída com muita informação. Entretanto, aqueles com função de reprodução automática podem causar confusão, além de nem sempre serem compatíveis com todos os dispositivos. Se a intenção for utilizá-los, tente criar uma versão com abas rotuladas para facilitar o entendimento do cliente e teste-a para confirmar se ela, de fato, melhora as taxas de conversão.

  1. Vídeos

Vídeos costumam proporcionar melhores resultados quando inseridos no início da landing page, normalmente no primeiro scroll, e devem ter um tamanho que se adapte bem tanto em desktop quanto em mobile. Muitos se perguntam se landing pages com vídeo devem ser configuradas com a função autoplay, porém isso só deve acontecer caso o cliente clique e uma miniatura em um e-mail ou em um anúncio externo ao site que dê a entender que o resultado de sua ação será o início do vídeo, como um screenshot com ícone de play. Caso contrário, deixe que o usuário decida quando o vídeo deve começar.

  1. Idioma do botão call-to-action

A utilização de uma linguagem apropriada ao seu público alvo pode impactar drasticamente a taxa de conversão. Sabemos que a palavra “grátis” funciona muito bem em títulos e assuntos de e-mail, por exemplo, mas o mesmo não acontece em botões call-to-action. Tente utilizar palavras como “clique aqui”, que evidencie o que você deseja que o usuário faça, ou “agora”, que crie um certo senso de urgência.

Bônus

O elemento mais importante da sua landing page deve ser, essencialmente, o cliente. Ele não deve se sentir confuso, perdido ou incomodado com a usabilidade da página, afinal, o objetivo principal é criar uma ponte entre a campanha de marketing e o seu site.

E lembre-se, sempre que restar qualquer dúvida sobre a inclusão ou o posicionamento de um elemento, tente fazer testes AB para confirmar suas hipóteses e tomar decisões embasadas em dados estatísticos.

Quer saber mais sobre como otimizar suas landing pages? Inscreva-se na nossa newsletter e fique de olho nos novos posts que vem por ai! E se você gostou das nossas dicas neste post, compartilhe com os seus amigos e ajude nosso blog a crescer (:

Experiência do Usuário

Graduado em Ciência da Computação, começou a atuar na área de marketing e tecnologia aos 13 anos, quando criou seu primeiro site que, meses depois, bateu a marca dos 50 mais visitados do Brasil. Aos 17, fundou sua primeira empresa, a Bookess, considerada meses depois umas das 10 melhores editoras virtuais do mundo. Na Rocket Internet, trabalhou na expansão de iniciativas tupiniquins e gringas. Hoje, com mais de 10 anos de experiência, já programa de olhos fechados, fala como um publicitário e é apaixonado por empreendedorismo.

Simple Share Buttons
Simple Share Buttons